quarta-feira, 31 de março de 2010

Carlito Tevez é o "galã" da copa européia

O jogador argentino Carlito Teves, famoso pela sua "bela" e "eloquente" voz, foi eleito o galã da copa européia. Galã?

Há suspeitas de que houve marmelada proposital nos votos, já que muitos votantes podem ter sido do sexo masculino. O cara é feio que dói. Os torcedores do sexo masculino devem ter votado de sacanagem.

Mas que é engraçado, o resultado dessa votação, ah, é sim! Rsrsrsrs...

quarta-feira, 24 de março de 2010

Lula diz que Kaká é "imprescindível" para a seleção

COMENTÁRIO DESTE BLOG: É impressionante quando certas autoridades, que deveriam aproveitar umas oportunidades para dizer coisas relevantes, e ao invés disso, falam em bobagens que nada interferem no cotidiano sério de um povo.

Se bem que o povo idiota, que leva futebol a sério e pensa que a seleção são "soldados da pátria" deve estar orgulhosa de tal declaração, já que pensam que os jogadores fazem algo de importante para a nação.

Não tem casa, comida, emprego e saúde? Pois comam uma bola de futebol ou peçam para algum jogador lhes sustentar, ora!

Lula defende Kaká e diz que meia é "imprescindível" para a seleção

SOFIA FERNANDES
colaboração para a Folha Online, em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou hoje que acha "imprescindível" a presença do meia Kaká na seleção brasileira para a Copa que terá início em junho, na África do Sul.

"Acho o Kaká imprescindível para seleção brasileira, acho que continua sendo um grande jogador de futebol, mas está vivendo um momento delicado", afirmou.

Questionado por jornalistas sobre a presença do jogador na seleção, Lula apoiou sua escalação. "É o momento mais difícil da sua carreira, não só por conta das lesões, mas porque o time do Real Madrid é quase uma exposição de quadros, de artistas. São muitos artistas jogando juntos, muita competitividade", disse.

Lula estará presente na final da Copa, programada para 11 de julho. Será o momento em que o país sede da Copa entregará o bastão para o próximo anfitrião do evento, o Brasil. Antes, o presidente fará viagem oficial a cinco países africanos.

Adriano Michael Jackson

Comentário deste blog: Depois não digam que eu não avisei sobre essa mania de associar futebol e Michael Jackson a rock. tanto o esporte hipnotizante e o saltitante pop star nada tem a ver com o gênero guitarristico criado pelos ianques e evoluído pelos britânicos.

Adriano Michael Jackson
Por Sorriso Amarelo, do blog de mesmo nome

Os analfas não costumam gostar de música estrangeira e quando o fazem, sempre são aqueles ídolos comerciais que só tocam nas rádios. Música alternativa e intelectualizada, nem pensar. Analfas tem horror a cultura intelectualizada. Aliás, procuram sempre se afastar de qualquer coisa que seja intelectualizada, por ser "complicado" e "chato".

Mas gostam de serem chamados de inteligentes. Por isso pegam o rótulo de "intelectual" e põem aonde bem entendem. Principalmente com a morte de Michael Jackson, o mais comercial dos comerciais, o que celebrou o casamento da música com o dinheiro, quando fãs histericamente comovidos começaram a ver nele uma intelectualidade que não existe. Afinal, em terra de cego, quem tem um olho é rei. Basta cantar em inglês para os trouxas pensarem que é genial. Michael Jackson se tornou o "filósofo e poeta dos burros".

Mas genial e coerente é ver um jogador de futebol, ídolo da jecarada, adotar o nome do falecido pop-star, como pseudônimo. Futebol e música comercial é tudo que o Zé Poveco gosta e ambos nada exigem de esforço intelectual. Bom para as massas que podem colocar seus cérebros em copos d'água e se sentirem felizes com isso.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Blogs em férias



Gente, como tenho que estudar bastante e estoque de postagens pré-datados já se esgotou, os blogs que eu mantenho estarão sem novas postagens durente um certo tempo.

Agradeço a antenção e a visita de todos. Continuem prestigiando. Em breve voltarei com novas postagens em todos eles. Abraços a todos!!!

quarta-feira, 17 de março de 2010

Muy Amigo - Volume 2

Comentário deste blog: mas será o possível que ainda vão acreditar que todo jogador é santinho e "bom exemplo" para a garotada?

Esses caras vieram de lugares comandados por gente deste tipo (os traficas) e o estilo de vida "bandavuô" desses jogadores-comedores-de-mulher-e-bebedores-de-cerveja, só denuncia que a oculta parceria entre os jogadores "sangue-bom" e os caras-do-mal, miniaturas de "anti-cristo", pelo jeito é indissociável.

Adriano tem que explicar à polícia amizades com traficantes

17/03/10 - 07h39 - Atualizado em 17/03/10 - 08h21 Do site G1.

Por causa de uma moto dada de presente à mãe de um traficante, Adriano vai ter que depor à polícia.

As ligações dos atacantes do Flamengo com criminosos vão ser investigadas pela polícia do Rio de Janeiro. Depois de Vagner Love, agora Adriano vai ter que explicar uma suposta amizade com um traficante.

Adriano comprou duas motos em uma concessionária no subúrbio do Rio de Janeiro, há dois anos. Uma delas ficou no nome dele, a outra foi registrada em nome de Marlene Pereira de Souza. Até aí, nenhum problema. Se Marlene não fosse mãe de Paulo Rogério de Souza Paz, o Mica, um dos traficantes mais procurados do Rio de Janeiro, com sete mandados de prisão expedidos contra ele.

O documento de uma das motos foi publicado em um jornal carioca. No mês passado, Adriano também apareceu nas páginas policiais. Durante uma festa em uma favela, brigou com a namorada Joana Machado. Depois, pediu para se afastar dos treinos.

Agora, o artilheiro, acostumado à marcação cerrada dos zagueiros, também está na mira da polícia e da Justiça. O Ministério Público Estadual já determinou a abertura de inquérito policial.

Adriano, a mãe de Mica e funcionários da concessionária onde foram compradas as motos vão ser chamados para prestar depoimento. Serão solicitados ao Detran os dados cadastrais e o histórico das motos.

"Adriano será ouvido a princípio como testemunha. Vamos ver o que ele vai falar a respeito dessa moto", aponta o delegado Jader Amaral.

O parceiro de Adriano no ataque do flamengo, Vagner Love, também terá que explicar à polícia se tem ou não algum envolvimento com traficantes. Vagner Love foi flagrado por imagens ao lado de bandidos armados em uma festa na favela da Rocinha, no mês passado. Ele se defendeu dizendo que tem amigos na comunidade. O depoimento de Vagner Love está marcado para o mês que vem.

O advogado do Flamengo, Michel Assef, disse que não conseguiu falar com Adriano porque ele está concentrado para o jogo de hoje à noite contra o Universidad de Chile, pela Libertadores, em Santiago.

terça-feira, 16 de março de 2010

Vagner Love, que não gosta de rock, é homenageado por roqueiros

Esse negócio de que futebol é esporte "rock'n'roll" só dá certo na Europa. No Brasil é bola furada. Apesar de homenageado por bandas de rock estrangeiras que passaram a usar seu nome, Love demonstrou o seu péssimo gosto musical, tão comum aos descerebrados jogadores de futebol, que se sabem o que fazer com a bola, não sabem realmente o que fazer com seus ouvidos, os quais eles confundem com vasos sanitários. A declaração do analfa-love:

- “Legal, gostei (diz, meio sem convicção), mas na verdade, o que eu gosto mesmo é pagode, funk e axé”.

Como ele jogou no exterior, ele se tornou famoso por lá. E aí apareceram bandas que foram batizadas com o nome dele. Legaizinhas, apenas. Nada grande coisa.

Mas que nunca se esqueça que a mistura rock + futebol só dá certo lá fora. Aqui só gera dor-de-barriga e dor-de-cabeça.




Christine Fernandes é insultada em estádio

Comentário deste blog: temos que respeitar as pessoas que saem para se divertir de verdade. Mas os fanáticos do futebol, que não costumam respeitar quem não curte desse esporte, agora deram também de não respeitar quem gosta, mas torce pelo time adversário. Será que ninguém teve a coragem de ensinar a respeitar a diversidade de opiniões e gostos?

Aconteceu o seguinte: torcedores do Vasco ofenderam a atriz norte-americana radicada no Brasil, a bela Christine Fernandes, que é torcedora do Flamengo e estava indo assitir ao jogo no maracanã. Leiam mais abaixo, escrito por algum jornalista, não-creditado, da AGNews.

Maracanã: Christine Fernandes é insultada em estádio

Da Redação
AgNews - Extraído do portal R7

Que Christine Fernandes adora ir torcer pelo seu time do coração, o Flamengo, no estádio, a gente já sabe. A atriz, que está no elenco de Viver a Vida, costuma ser clicada vestindo a camisa do time e com um radinho na mão, como você vê na imagem ao lado.

Mas no último domingo, a partida não foi tão boa para Christine. Não pelo resultado do placar, que deu a vitória para seu time, mas pela forma com a qual foi tratada pela torcida rival, quando chegou ao estádio:

- Fui verbalmente agredida por uns exemplares nada gentis da torcida do Vasco, ao chegar no estádio vestindo a camisa do Flamego: 'Piranha', quase em uníssona raiva, contou em seu blog.

A atriz permaneceu no local, mas falou sobre o mau comportamento de alguns torcedores no estádio:

- Fiquei chocada com tamanha falta de educação deliberada. Nunca me aconteceu com Botafogo ou Fluminense. Só tenho a lastimar que a paz nos estádios não valha para alguns péssimos exemplares do Vasco daquele dia.

Para não causar nenhum mal entendido, ela não quis generalizar, frisando que o comentário não vale para toda a torcida vascaína:

- Se algum vascaíno se sentiu ofendido, reitero que minha revolta não foi com o Vasco. Nem poderia culpar o Vasco pelos 'meia dúzia de manés' do episódio, jamais!

segunda-feira, 15 de março de 2010

Hooligans destroem ônibus

O holliganismo contuinua ignorando limites. Um bando de torcedores fretaram dois ônibus da excelente empresa Real Auto Ônibus, que possui ótima frota, cheinha de ônibus novos e destruíram as janelas e se instalaram dentro do veículo feito gado. Coerente, pois esses torcedores tem QI inferior a de qualquer animal.

Os torcedores estavam indo para assistir o jogo no Maracanã. Não se sabe se forma os mesmos, mas em tempo próximo, na Avenida Brasil, houve briga de torcedores. Eles foram pegos por policiais que agiram com violência contra eles. Merecem, pois com troglodita, se usa a linguagem dos trogloditas. Eles só entendem dessa forma.

É uma falta de respeito com a empresa e com seus usuários que dependem do transporte para o seu direito de ir e vir, garantido pela Constituição Federal.

Muy amigo


Para as pessoas que acham que todo jogador de futebol é santo, boa gente, gente boa e o escambau, o queridinho da torcida, Vagner Love (com W ou com V?) foi pego em uma festa cheia de traficantes armados na Rocinha.

Só love, né? Me engana que eu gosto.

Pelo jeito todos (menos eu) gostam de um mau exemplo.

sábado, 13 de março de 2010

Confusão entre torcidas termina em morte em São Go-go

Comentário deste blog: Toda vez que acontecer algo que mostre que o fanatismo no futebol está indo às últimas consequências, nosso blog mostrará, com certeza. Afinal, futebol é só lazer e deveria ser fonte de alegria, não fonte de brigas ou de questionamentos "filosóficos" e nem como substituto à má qualidade de vida do povo humilde.

Esse ato de violência é uma prova de que com a Chegada do hooliganismo ao Brasil, mais uma mostra de que brasileiro só copia o que é de ruim dos países ditos "evoluídos". Com licença que está começando mais uma partida de curling.

Pancadaria entre torcedores termina com morte em SG

Por: Alex Melo, em 12/03/2010

Confusão entre as torcidas do Vasco e Flamengo começou no bairro de Neves e terminou no Pronto Socorro de São Gonçalo. Seis acusados foram presos pela polícia

Uma pessoa morreu e três ficaram feridas, na madrugada de ontem, durante uma briga entre torcidas organizadas de Vasco e Flamengo que começou no bairro de Neves e terminou no Pronto-Socorro de São Gonçalo (PSSG), na Praça Zé Garoto. Seis acusados de participação no conflito foram presos e levados para a 74ª DP (Alcântara). Eles foram indiciados por tentativa de homicídio e se forem condenados podem pegar até 10 anos de prisão. Pouco depois do incidente, uma comunidade do Orkut intitulada Torcida Jovem do Flamengo comemorava o resultado do confronto, exibindo em sua página o placar de 3X0, referindo-se ao morto e aos dois feridos. Outra comunidade da torcida também fazia referência à pancadaria, lembrando que “a ordem do dia é matar”.

Segundo a polícia, o confronto começou quando um grupo de 30 torcedores com camisas da Força Jovem vascaína foi atacado em um ponto de ônibus da Rua Oliveira Botelho, em Neves, perto de um supermercado, após terem saído de uma reunião da torcida, com cerca de 100 integrantes, na Praça do Barreto, em Niterói. Os torcedores vascaínos contaram aos policiais que rivais rubro-negros em três carros, um Gol prata, um Honda Civic verde e outro não identificado, se aproximaram do grupo e efetuaram vários disparos.

Durante o tiroteio, Anderson Ferreira Ribeiro, de 19 anos, foi atingido e levado para o PSSG. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Outros dois baleados também foram encaminhados para a mesma unidade. Um deles, de 21 anos, levou um tiro na canela direita. Ele foi medicado e liberado. O outro, de 32 anos, também foi baleado e continua internado. Seu estado de saúde é estável. O subsecretário de Saúde de São Gonçalo, Daniel da Silva Júnior, negou que o PSSG tenha sido invadido.

Torcedores invadem hospital para espancar rival
De acordo com a polícia, o terceiro ferido, um rapaz de 22 anos, que seria flamenguista, foi atacado por torcedores do Vasco dentro do PSSG. Segundo os policiais, ele havia ido até o pronto-socorro na garupa de uma motocicleta, para “zombar” dos vascaínos que aguardavam notícias sobre os dois colegas feridos. O jovem acabou derrubado da moto pelo grupo e, para tentar escapar das agressões, correu para dentro da unidade, onde acabou alcançado e espancado violentamente.

Policiais do 7º BPM (São Gonçalo) contaram que mais de 20 torcedores do Vasco participaram do linchamento. Cadeiras e outros objetos da unidade teriam sido usados na agressão e acabaram destruídos. O torcedor do Flamengo teve traumatismo facial, foi atendido e liberado no final da tarde de ontem, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde.

Seis acusados de participação nas agressões contra o rapaz foram presos. Eles foram identificados como Guilherme Barreto de Pinho, de 26 anos, conhecido como “Gordinho”; Renato Teixeira, de 19; Kleison Wallace dos Santos Barbosa, 22, o “Pequeno”; João Paulo Leonardo da Costa, 26, o “Sabão”; Wander Jorge Braga Vicente, 23; e Fabrício Porto Sales, de 28 anos.

O caso está sendo investigado pela 72ª DP (Mutuá). O titular da distrital, Adílson Palácio, revelou que vai pedir as imagens do circuito interno de TV do hospital para identificar os outros agressores que fugiram. O delegado deve ouvir testemunhas ainda esta semana para tentar descobrir os autores dos disparos.

PM reforça efetivo nas ruas
O comandante do 7º BPM (São Gonçalo), Roberto Gil Silva, informou que sites de relacionamento através dos quais são marcadas brigas de torcida serão monitorados até este domingo, quando Flamengo e Vasco se enfrentam no Maracanã, onde 200 PMs farão a segurança. “As brigas de torcidas são pano de fundo para marginais que querem enfrentamento. Vários presos tinham passagem pela polícia”, declarou.
O comandante do 12º BPM (Niterói), tenente-coronel Ruy Sérgio França, promete reforçar o efetivo nas ruas.
“Estamos atentos para não sermos pegos de surpresa. Temos que dar atenção especial aos locais onde os torcedores se encontram habitualmente, como a estação das Barcas, a Praça do Barreto, e a esquina da Rua Domingues de Sá com a Avenida Roberto Silveira.

Na delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), um policial civil ficou encarregado de concentrar as investigações sobre o caso. “É uma prática comum, entre os integrantes de torcidas rivais esse tipo de comunicação pela internet”, disse a delegada Helen Sardenberg.

Ataque contra rivais é comemorado em placar no Orkut: 3x0
No fim da tarde de ontem, em uma comunidade do site de relacionamentos Orkut, que se intitula como oficial da Torcida Jovem do Flamengo (TJF), um torcedor que se identifica pelo apelido de “Felisberto Jr” comenta em um dos tópicos: “8º pelotão 3x0 na 7ª”, e, em seguida, acrescenta: “Mais uma morte nas costas”.

“Pelotões” e “Famílias” referem-se às regiões de onde pertencem integrantes das torcidas do Flamengo e Vasco, respectivamente. O 8º Pelotão do Flamengo, por exemplo, refere-se ao grupo de torcedores de São Gonçalo, e a 7ª Família, do Vasco, aos integrantes da torcida organizada em Niterói e São Gonçalo. No mesmo tópico “Aqui em São Gonçalo são outros 500”, postado ontem às 17h43min, o mesmo torcedor coloca o link (endereço na internet) de uma notícia sobre a morte do torcedor rival: “Um morto e dois feridos em briga entre torcedores do Vasco e do Flamengo em São Gonçalo”.

Em novembro de 2007, Germano Soares de Souza, de 44 anos, da Torcida Jovem do Flamengo, morreu numa briga com rivais da Força Jovem do Vasco. O caso aconteceu na porta de uma boate na Rua Almirante Barroso, no Centro do Rio, depois que os grupos rivais se encontraram na mesma via.

Extraído de O Fluminense

sexta-feira, 12 de março de 2010

Folia de Reis

O rei do futebol...



... e o rei que é uma brasa, mora?



Mora, não. Quer dizer, entende?

Santos ganha fazendo 10 gols contra zero

Dava para ver pelo uniforme e pelo porte físico dos jogadores. Foi fácil para o Santos de Robinho & CIA ganharem do inexpressivo Naviraiense, do Mato Grosso do Sul.

No final do primeiro tempo, quando eu soube que o Santos estava ganhando de 6 a zero (eu não assiti o jogo), eu disse que desta forma, não seria surpresa se o Santos ganhasse de 10 a zero. Dito e feito.

Além dessa goleada toda, os torcedores tiveram direito a um verdadeiro show de humor, pois as comemorações foram hilárias.

------------------------------------------------------------
NOTA: Apesar de não curtir futebol, tenho simpatia por Robinho. Além dele lembrar em estilo de jogar, os tempos em que o futebol não era mercenário, como hoje, ele sabe divertir a si e aos outros, em campo. É um cheerleader dentro do próprio time.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Tadinho, brigou com a namoradinha, que peninha...

Oh! Adrianinho deu chiliquinho após brigar com a namoradinha? Oh! vai faltar os treinos por causa disso? Ah, coitadinho...

Isso depois de dar um balie "funk" (mau gosto musical é especialidade dos jogadores de futebol - não é, torcedores rock'n'roll?) longe da tal "amada". Não faz mal. Aparecerá outro ricaço para levá-la para a cama.

O que o "coitadinho" tem que saber e não sabe, é que ele não tem qualidades de um gentleman. Feio, bruto e com baixa escolaridade, ele só arruma mulher por causa de seus músculos e pelo dinheirão que tem em suas contas. Isso acontece com ele e com a maioria dos jogadores. Sem dinheiro e músculos, estariam encalhados, virgens ou pegando a jeca mais feia que encontrarem pela frente.

Adriano, volta a jogar e pare de frescura. Não existe nenhum motivo para você para de jogar. Gente em situação pior que a sua está aí batalhando e sorrindo para o mundo. Vá treinar essa porra de futebol agora! Já!

A não ser que voce realmente seja maricas e se ache no direito de dar chilique.

Mas não vou sentir pena. Não vou mesmo.

domingo, 7 de março de 2010

Função dentro de campo

Há certos jogadores que são marcados não apenas por suas jogadas, mas também por particularidades ligadas a eles. Alguns desta lista já se aposentaram recentemente e outros jogam no exterior. Mas todos estavam na ativa no início dos anos 2000.

A ordem tem como critério os nomes dos jogadores. Esses cartões foram inspirados no tarô e nos jogos de RPG. Confiram:





sexta-feira, 5 de março de 2010

Futebol substitui dignidade?

Um engraçadinho enviou um comentário ofensivo, contendo palavras sujas, dizendo que o futebol é a única alegria do pobre e deve ser respeitado como tal. Infeliz quem pensa desta forma. E não são poucos os que pensam assim.

Primeiro, porque ser pobre é uma situação triste, sofrida, que deveria ser provisória. Ser pobre não deveria ser motivo de orgulho para ninguém. Segundo que nada substitui a dignidade e a boa qualidade de vida.

Usar o futebol como "forma de dar alegria" a um povo, é uma incoerência gigantesca. Um sinal de contentamento com a má qualidade de vida e uma fuga da realidade. E, claro, sinal de baixíssima auto-estima e incapacidade de resolução de problemas. Aí, quando eu e poucos sensatos chamam o futebol de "ópio do povo", os defensores se irritam e começam a xingar quem diz isso.

Colocar o futebol como substituto da dignidade é uma criancice. Devemos por as coisas sérias sempre como prioridade. Ou acham que o futebol vai trazer de volta jovens assassinados na favela, dar comida a famílias famintas e resolver o problema de infra-estrutura nas localidades carentes.

Os brasileiros estão dando uma importância exagerada para o futebol, que é apenas uma forma de lazer, com a ÚNICA função de DISTRAIR as pessoas. Quem acha que futebol vai salvar tudo, está sonhando e não sabe o pior pode vir daí.

quinta-feira, 4 de março de 2010

Fifa fez pressão para Teixeira cobrar das sedes de 2014 sobre obras atrasadas

Comentário deste blog: nisso é que dá entregar a organização de uma copa a um país cheio de problemas, com poucos recursos e administrados por autoridades corruptas e interesseiras. Estas autoridades sabem que vão levar um bom quinhão com estes eventos (copa e olimpíadas).

Fifa fez pressão para Teixeira cobrar das sedes de 2014 sobre obras atrasadas

Extraído do site Globo Esporte (Globo.com)

Segundo o jornal 'O Globo', o secretário-geral Jérôme Valcke avisa aos brasileiros para não duvidarem das exigências da entidade internacional

Jérôme Valcke afirma que o Brasil não pode perder tempo

O sinal de alerta ligado pelo presidente da CBF e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014, Ricardo Teixeira, em carta enviada para as cidades-sedes que se encontram com as obras atrasadas, foi fruto de uma pressão da Fifa. A revelação foi feita pelo secretário-geral da entidade internacional, Jérôme Valcke, em entrevista ao jornal "O Globo" na África do Sul.

- Liguei para o Ricardo e disse a ele que havia sido dado um prazo para o início das obras (1º de março), que não foi cumprido pela maioria das cidades. Atraso é sempre muito ruim. Estamos de acordo com o pedido de explicações feito pelo Comitê Organizador. O Brasil não pode perder tempo - disse Valcke.

Teixeira cobrou explicações para os atrasos, ameaçou com punições e estabeleceu o novo prazo de 3 de maio para o início das obras. O secretário-geral da Fifa, porém, lembrou que nesta data faltarão pouco mais de 31 meses para o fim do prazo de construção dos estádios (31 de dezembro de 2012). Embora a Copa seja só em junho de 2014, os estádios terão de estar prontos para a Copa das Confederações de um ano antes. A Fifa quer usar cinco das 12 sedes no torneio de 2013.

- A África do Sul construiu seus estádios em 30 meses. É um prazo suficiente. Mas estamos chegando perto desse limite no Brasil e nada começou a ser feito - disse o dirigente, afirmando que a Fifa quer sempre que uma Copa seja melhor que a anterior, por isso o Brasil será mais cobrado que a África do Sul.

quarta-feira, 3 de março de 2010

O Robinho não se paga. Nem aqui, nem na Inglaterra

Comentário deste blog: e tem gente que acha justa e merecida essa geigantesca remuneração, mesmo num país onde muitos ganham pouco ou nada. E esses jogadores ainda ganham fortunas para se divertir (futebol é diversão), enqueanto muitos passam anos estudando para ganhar uma ninharia.

O Robinho não se paga. Nem aqui, nem na Inglaterra

Extraído do Blog do Provocador
Por Marco Antonio Araujo

Esta semana, o Santos deve pagar o primeiro salário do Robinho. Um milhão de reais. Cada centavo dessa dinheirama vai sair dos cofres do time. Não apareceu nenhum patrocinador para bancar essa loucura.

Talvez apareça. Tem doido pra tudo. Há mais de um mês, o presidente do Santos, Luís Álvaro Ribeiro, jura que existe um pool de quatro empresas dispostas a bancar o salário do ex-craque. Até agora, não passou de blefe. Parece o Belluzzo.

Quando chegar o fim do contrato, em agosto, serão R$ 7 milhões. Mais do que todo o patrocínio do time da Vila Belmiro em 2009. Fala sério. Essa conta não vai fechar nunca.

Robinho

O Robinho não se paga. Ele é caro demais. Aqui ou na Inglaterra (onde ele embolsava quase o dobro), o que ele ganha é uma insanidade.

Para quem não sabe, o futebol inglês está falido. Segundo a Uefa, os times de lá devem quase R$ 10 bilhões. Só a dívida do Manchester United beira R$ 2 bilhões. Caramba!

Em toda a Europa, os clubes devem R$ 15 bilhões. Nesse cálculo, não entram os empréstimos. Eles vão quebrar. Tomara que explodam. Foram eles que inflacionaram o futebol a esse nível criminoso.

Por isso, estamos vendo o retorno de alguns dos nossos craques. Que voltam trazendo seus salários escandalosos. Sem dó nem piedade, querem que nossos clubes paguem na mesma moeda.

Deviam fundar o Mercenários Sport Club. Ou a Legião Estrangeira de Futebol, financiada pela máfia russa e pelo cartel de Medelín.

Neste domingo, 29, torcedores do Santos portavam uma faixa em protesto contra o aumento do preço dos ingressos para o clássico com o Corinthians: “No circo do futebol, o torcedor é o palhaço”.

É isso aí. A arquibancada mais que dobrou, para R$ 80. Queriam que o povão pagasse a conta. Adivinha? Nem metade do estádio estava lotado. Bem feito.

Só um trouxa para bancar o Robinho indo jogar amistoso na seleção do amigo Dunga. Ironia dos deuses do futebol, onde será o jogo contra a poderosa Irlanda? Em Londres, capital da Inglaterra. Bingo.

--------------------------------------------------------------
COMENTÀRIOS:

1. RICARDO disse:
01/03/2010 às 16:53

Antigamente, hoje e nunca vou entender sobre “O Futebol”, por que todas as pessoas brigam roubam e até matam, só por causa do Futebol, ou o seu próprio “TIME”? Tudo o que acontece dentro dos Jogos, tudo é por causa… Simplesmente, só por causa de UMA BOLA!! Todos aqueles que Jogam os Técnicos e até aqueles que assistem aos Jogos, é por causa da m… de uma bola.

2. TANAPRAIA disse:
01/03/2010 às 17:27

Se você frequenta campos de futebol, paga ingressos com preços indecentes, enfrenta empurra-empurra, sujeita-se a brigas fora e dentro do estádio, para torcer por um esporte manipulado por cartolas inescrupulosos, você tem o mesmo nome daquele monte de roupa amassada e amarrada – TROUXA!

3. ANDRÉ LUIZ disse:
01/03/2010 às 17:41

NA VERDADE O Q OCORRE, É Q NO BRASIL SÓ TEM DIRIGENTE AMADOR. AO INVES DE TRABALHAREM PARA TIRAREM OS TIMES DO FUNDO DO POÇO, TRATAM DE CAVAR MAIS O BURACO. JOGADOR DE FUTEBOL EM LUGAR NENHUM DO MUNDO DEVERIA RECEBER ESSE SALARIO… É UM DESRESPEITO A QUEM FAZ UMA FACULDADE, UMA PÓS GRADUAÇÃO, MESTRADO, DOUTORADO E GANHAM NO MÁXIMO 10 MIL POR MÊS (CASO PASSE EM UM BOM CONCURSO PUBLICO). E ISSO NÃO CABE APENAS AOS JOGADORES DE FUTEBOL, CABE PARA QUEM TIRA ROUPA PARA REVISTA MASCULINA, PREMIOS DE REALITY SHOW (QUE NÃO TEM NADA DE REALITY), ENTRE OUTRAS COISAS.

terça-feira, 2 de março de 2010

Para mídia, "brasileiro" e "torcedor de futebol" são sinônimos

Se existe alguém que é totalmente ignorado pela grande mídia é o brasileiro que não curte futebol. É um ser que, ou não se encontra nas estatísticas conhecidas pelos donos dos meios de comunicação ou é um rebelde que deveria se converter para se tornar obediente e curtir o esporte que a "mamãe mídia" mandou curtir.

Sabemos que o brasileiro é OBRIGADO pele mídia e pelas regras sociais a gostar de futebol. Não gostar é visto como antipatia, como mau humor, desrespeito às leis e até como ameaça. Um cara que se assume como não curtidor de futebol, se torna inimigo automaticamente.

Muita gente confunde "não gostar de futebol" com "querer acabar com o futebol". nada a ver. Eu, por exemplo, quero que o futebol exista. Ele é sadio e até enriquece a cultura de nosso país em vários aspectos. Só não consigo ficar 90 minutos olhando um imenso campo verde com vários homens empurrando com os pés uma bola que vai de um lado para o outro da imensa verdidão.

É um direito meu não gostar de futebol, assim como é direito da maioria dos brasileiros não gostar de curling. E gostaria de ser tratado como um brasileiro normal, com direitos e deveres, que come, que dorme e sorri, feliz para a vida.

A obrigatoriedade do futebol é uma coisa que vai contra a democracia. Ontem teve um simpósio sobre liberdade de expressão, organizado pela entidade capitalista Millenium, controlada pelas forças conservadoras da mídia, que pediam liberdade plena para os meios de comunicações. Esses caras têm o direito de falar sobre liberdade? Como, se eles não dão liberdade a nós, obrigando a consumir e gostar de tudo que eles jogam em nossas caras, através dos meios que eles controlam? Liberdade, para eles? E a nossa liberdade, cadê?

Uma mídia que obriga o brasileiro a gostar de futebol nunca deve ser vista como democrática. Também nessa democracia de fachada que vivemos, em que a população alegremente se torna submissa a regras sociais pré-estabelicidas pelos poderosos meios de comunicação. Tão submissa que chega a brigar para defender aquilo que absorveu da mídia e que crê ser seu "pessoal ponto de vista".

Gente, respeite quem não gosta de futebol. Não vou prejudicar ninguém que goste. Os que gostam é que são mais capazes de prejudicar quem não gosta, colocando rótulos e se afastando nos momentos mais necessários.

Não sou eu que vou contra o direito alheio. Pelo contrário. Os fanáticos por futebol é que não me dão o direito de ignorar o esporte. E eles é que se acham os coitadinhos, os rejeitados os que tem o seu "direito" limitado por caras "perversos" como eu. Como eles são coitados, se eles tem todo o apoio integral de toda a mídia e da maior parte da população?

Tenho o direito de não gostar de futebol, inclusive nas copas. Pois patriotismo pra mim, é emprego, infra-estrutura, ótimas condições de vida e amor para todos, sem distinção.

Pois o patriotismo fictício de uma bola na trave irá beneficiar unicamente os ultra-beneficiados jogadores, equipe técnica, mídia e patrocinadores. Pois do mesmo modo que acontece na política, é o dinheiro do povo que está sendo muito mal aplicado.

Para a Rede Globo que adora comparar futebol com política, eu prefiro comparar os jogadores de futebol aos políticos, que ganham muito o dinheiro pago pelo povo (ingressos) para não fazerem nada dentro de suas caríssimas mansões, rindo de seu próprio passado.

segunda-feira, 1 de março de 2010

Ex- narrador de futebol se arrepende e fala da alienação do futebol

Neste vídeo, o apresentador, que se assume como ex-narrador esportivo, fala verdades sobre o futebol, principalmente o fato de que o tal esporte só beneficia quem produz, quem está totalmente envolvido com o mesmo. O povo realmente nada ganha com a vitória de um time ou da $ele$$ão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...