quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Após afundar Palmeiras, Felipão é "premiado" com posto de técnico da "copa do Brasil"

Melhor impossível. Nada como levar um time para a derrota e ser chamado para comandar a "seleção" por causa disso. Parece que todo mundo esqueceu a derrota que levou o Palmeiras para o ralo.

A mídia toda está celebrando a volta de Felipe Scolari, o Felipão para o comando da "seleção". Os trouxas agora podem ficar tranquilos que o "país" agora tem "presidente". Alienados odeiam anarquias e amam líderes. Mesmo que esses líderes governem para si mesmos.

E por confundir "seleção" com o próprio país, os brasileiros tratam com absoluta seriedade a escolha de um técnico de futebol, mais do que a de um Presidente da República.. A propaganda da Coca com o Huck mostra isso, colocando uma bandeira do Brasil nas costas de um pobre coitado que só pensa em futebol, achando que isso traga melhorias para o país.

E a mídia, em deleite, faz longas e mais longas reportagens, só para dizer que o Felipão voltou a seleca. Fazer associações ao penta conquistado na mutreta, na compra de adversários, no "jeitinho brasileiro", é "primordial". É bom fazer a população alienada se comover com a vitória inútil, mas desejada, como uma criança que recebe um cara vestido de Mickey Mouse em sua casa.

Povo otário deve estar feliz mesmo, pois para conquistar o hexa, nada melhor que ter o mesmo técnico do penta. Neymar, o babaca, deverá sair como "herói" máximo da nação, após a festinha tola.

Scolari é um bom técnico. O Palmeiras na verdade perdeu por falta de sorte. Apesar de ganho no roubo, a "seleção" foi bem treinada por ele. Mas faltou bons jogadores. 

Na era da mediocridade, até o futebol tá na onda, pois desde o final dos anos 80, fomos contaminados pelo futebol-negócio, tendo no lugar de craques, um bando de estrelinhas que só fazem o correto em campo e o errado fora dele. Com jogadores assim, ser o melhor do mundo só se for no cambalacho. Na desonestidade mesmo. Até porque estamos acostumados a trapacear no nosso cotidiano, porque não em uma copa?

Mas a associação com a copa de 2002, pelo fato de ter o mesmo técnico,  é o que anima a "torcida", achando que com isso - e brasileiro é muito místico - a vitória supérflua seja garantida. Para dar uma prótese de alegria falsa a quem não consegue - por ignorância e má vontade - adquirir a verdadeira e permanente felicidade.

Felipe pode até treinar com qualidade. Mas na hora do aperto, a grana oferecida pelos "cartolas" da CBF é que fará diferença nos momentos decisivos, para o bem da ilusão coletiva nacional.

sábado, 17 de novembro de 2012

Futebol no tempo das cavernas

Fred Flinstone e Barneymar na "seleção". Para fazer a alegria dos trogloditas.


segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Os melhores momentos do Fluminense no campeonato

Os melhores momentos do mais novo campeão brasileiro...

Com a padronização visual imposta pela CBF e pelos Governo e Prefeitura, é óbvio...

Não entendeu, clique aqui, aqui e aqui.












quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Mais um novo canal para quem está de saco cheio do futebol!


Entrou hoje no ar o mais novo site anti-futebol da internet, o Maldita Tela Verde. O nome é inspirado na imagem forte que há antes dos jogos, quando as redes de televisão mostram o gramado no intuito de hipnotizar os telespectadores para que estes possam se fanatizar com os jogos.

Este site aproveitou para publicar antigas postagens do Footilidades e do Futebosta para que os outros possam ler ou reler. Os dois citados continuarão, já que é necessário haver mais blogues anti-futebol para que este esporte deixe de ser visto como "obrigação social" em nosso país. 

Até porque são apenas 3 blogues contra o fanatismo no futebol enquanto os que estimula o fanatismo são mais de um milhão.

Prestigie este novo site e continuem prestigiando os que já existem. Lute pelo seu direito de não curtir futebol!

Para não se esquecerem: http://malditatelaverde.blogspot.com.br/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...